quarta-feira, janeiro 05, 2011

Diálogo II

A- Porque tu tá assim?
B- Não sei o que fazer.
A- Siga teu coração.
B- Não posso.
A- Porque?
B- Da última vez que fiz isso, dilacerei ele.
A-O que tu fez?
B- Confiei em ti.
A- Em mim?
B- Sim!
A- Sinto muito, não foi minha inteção.
B- Tudo bem, mas não ainda tenho medo.
A- Medo? De que?
B- De não consiguir te esquecer, e de perder meu coração.
A- Não tenhas medo. Apenas siga teu coração.
B- Já disse que não posso.
A- Mas deve. Um coração continua batendo, mesmo dilacerado.
 
Anne M.

2 comentários:

  1. "Um coração continua batendo, mesmo dilacerado"

    Fato e esta Perfeito

    ResponderExcluir